O IDH no Brasil

fevereiro 29, 2008 at 3:21 am Deixe um comentário

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em seu relatório divulgado em Dublin (Irlanda), coloca o Brasil na 65ª posição, atrás de outros latino-americanos como Uruguai, Costa Rica, Chile, Cuba e México, mas na frente de Venezuela, Peru, Paraguai e Equador. A posição é desconfortável, mas mostra um crescimento em relação ao ano passado, quando o País foi classificado como o 73º país no ranking.

O Brasil é a nação que mais evoluiu em relação ao Índice de Desenvolvimento Humano – IDH, desde 1975. Em 26 anos, o país subiu 16 posições e agora ocupa a 65ª (ver gráfico). O avanço não é maior por causa, principalmente, do baixo crescimento da expectativa de vida da população. Ganhou muito em termos de educação e de renda, mas em termos de longevidade (saúde) não progrediu tanto.

Os responsáveis pela melhora foram a equiparação do número de meninos e meninas matriculadas na escola, eqüidade de oportunidades a homens e mulheres e no aumento da expectativa de vida. As estatísticas mostram ainda que os brasileiros têm uma expectativa de vida que chega a 67,8 anos e que a renda per capita passou de R$ 7.349 para R$ 7.360.

Entretanto, há uma tendência crescente de concentração de renda, que, caso se mantenha, impedirá o país de atingir a meta de redução da pobreza em 50% até 2015. De acordo com o PNUD, 10% dos lares mais ricos do Brasil têm 70 vezes a renda dos 10% mais pobres. Além disto, o País também apresenta grandes desigualdades entre regiões.

Conforme as últimas estatísticas disponíveis, o Sul é a única região que, se mantiver as tendências atuais, conseguirá reduzir à metade a proporção de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza até 2015. O relatório também aponta uma queda no nordeste, no centro e no sudeste do País. O Norte é a única região onde a pobreza aumentou, passando de 36% em 1990 para 44% em 2001. “A culpada não é a escassez de recursos, mas uma persistente e alta desigualdade”, ressalta o relatório, segundo o qual também houve um retrocesso do índice de desenvolvimento humano dessa região.

Entry filed under: Uncategorized. Tags: .

Divisão internacional do trabalho Economia de Produção III – Predomínio de Gado Bovino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


by davi campitelli

fevereiro 2008
S T Q Q S S D
    mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  

Stats de Visitas

  • 54,548 visitas

%d blogueiros gostam disto: